Cinema de Amor ganha 3 prêmios no Panorama Coisa de Cinema

Posted by on nov 12, 2019 in Notícias | No Comments

Cinema de Amor, novo longa da Voo Audiovisual, recebeu três prêmios na Competitiva Baiana do XV Panorama Internacional Coisa de Cinema, em Salvador-BA.

  • Melhor Longa – Júri APC
  • Melhor Longa – Júri Jovem (Troféu João Carlos Sampaio)
  • Melhor Longa – Júri Oficial

XV Panorama Internacional Coisa de Cinema

A XV edição do Panorama Internacional Coisa de Cinema exibiu, durante 08 dias, 130 filmes, entre longas e curtas-metragens produzidos no Brasil e em outros países. O evento, que terminou na noite de quarta-feira (06), homenageou Glauber Rocha e seu cinema questionador, com programação nas cidades de Salvador e Cachoeira (BA). As obras selecionadas para o festival foram exibidas nas modalidades nacional, baiana e internacional. Cinema de Amor foi selecionado para a Mostra Competitiva Baiana.

Veja como foi a estreia no Panorama

Definido pelos diretores como um “selfiementary”, uma espécie de documentário feito com o celular, Cinema de Amor, de Edson Bastos e Henrique Filho, retrata o cotidiano dos cineastas que são um casal homoafetivo, juntos há mais de 10 anos e casados há 03 anos. Os cineastas registraram a rotina do casal entre os meses de fevereiro e julho de 2019, apresentando as dificuldades de viver de cinema no Brasil atual, que censura filmes e projetos com temáticas LGBTQI+. 

“Fizemos de forma despretensiosa, mas com muito amor. E esse amor atingiu em cheio muitos corações e reverberou. É um filme resposta para dizer ao sistema que nós não seremos interrompidas”, declarou o diretor Edson Bastos. O cineasta Henrique Filho afirmou: “Estamos transbordando amor depois de tantos comentários carinhosos que recebemos. Vida longa à Cinema de Amor. E muito obrigado ao Panorama pelo acolhimento.”

JUSTIFICIATIVAS JÚRIS

Júri Oficial

“Um casal declara sua paixão um pelo outro e pelo cinema. Uma carta de amor que tira sua força da coragem de compartilhar a intimidade e afirmar sua identidade homoafetiva e artística, utilizando um cinema afetivo como ferramenta contra tempos sombrios. O Prêmio de melhor longa-metragem baiano vai para Cinema de Amor, de Edson Bastos e Henrique Filho.”

Júri APC

Pela boa utilização das técnicas de narrativa construindo um link com a atual situação do país que dialoga com a classe artística, a causa lgbt+ e política trabalhando a linguagem audiovisual com criatividade através de poucos recursos, mas com apuro estético e ainda falar de amor com coragem de se expor em tela de maneira tão verdadeira, o Júri APC da Mostra Competitiva Baiana do XV Panorama Internacional Coisa de Cinema  ele “Cinema de Amor” de Edson Bastos e Henrique Filho como melhor filme.

Júri Jovem 

“Por uma estética consciente sua proposta narrativa, ao abordar e debater temas necessários para a atual conjuntura do país. Pela forma singela como, através de sua intimidade, conciliam o amor pelo cinema, com o amor que nutrem um pelo outro. Apesar das dificuldades enfrentadas. A partir disso, pregam uma resistência do amor, seja entre pares ou pelo cinema. Nós, do Júri Jovem da Competitiva Baiana, concedemos o prêmio João Carlos Sampaio ao filme “Cinema de Amor”, dirigido por Edson Bastos e Henrique Filho.”

Veja como foi a premiação no Panorama

Longa | Documentário | Selfiementary | 70 min | 2019

Sinopse: 2019. Casal de cineastas gays tenta sobreviver em um contexto de ascensão da extrema-direita no Brasil

Ficha Técnica

Elenco: Edson Bastos e Henrique Filho

Roteiro, Direção, Fotografia, Montagem e Finalização: Henrique Filho

Argumento, Roteiro, Direção e Produção: Edson Bastos

Trilha Sonora: Ayam Ubrais Barco, Danilo Ornelas , Ismera Rock, Rafa Nessim e Rao

Gravação e mixagem da trilha: Canoa Sonora

Desenho de Som e Mixagem: Eduardo Ayrosa

Identidade Visual: Kaula Cordier – Cavalo Design

Trailer

Comentários

Leave a Reply