Roda de Conversa Pernambuco em Profundanças

Posted by on out 11, 2019 in Notícias | No Comments

RODA DE CONVERSA PERNAMBUCO EM PROFUNDANÇAS É REALIZADA NO RECIFE

 

A circulação da antologia poética e fotográfica Profundanças 3 chega ao Recife, capital do estado, por meio da Roda de Conversa Pernambuco em Profundanças, que será realizada no dia 17 de outubro, às 18h30, no Espaço Pasárgada. A capital pernambucana será a segunda cidade incluída nessa circulação nacional, que teve início no mês de setembro. A roda de conversa contará com a participação da idealizadora do projeto Daniela Galdino (BA), das escritoras Ezter Liu (Carpina), Odailta Alves (Recife), Isabelly Moreira (São José do Egito) e Paula Santana (Serra Talhada/Recife) e das fotógrafas Maria Ruana (Tabira), Mariana Souto (Olinda) e Nathália Tenório (Brejão/Recife).

Na ocasião, serão discutidos temas como a representatividade de mulheres nas artes, o combate ao racismo e à invisibilidade da escrita de mulheres, dentre outros. Com importância crucial ao diálogo necessário entre escritoras, fotógrafas e público, a roda de conversa, fruto da parceria entre o projeto Profundanças/Produtora Voo Audiovisual e o Espaço Pasárgada/Fundarpe, coopera para a difusão da antologia, bem como das temáticas abordadas na coletânea, que reúne poemas, contos, ensaios fotográficos e pode ser baixada gratuitamente pelo link: http://vooaudiovisual.com.br/projects/profundancas3/.

Criado na Bahia em 2014, Profundanças já realizou o mapeamento de escritoras, em sua maioria inéditas ou com baixa inserção no contexto editorial, chegando ao número de 51 autoras mapeadas e publicadas. A terceira edição da coletânea é composta por textos literários de 22 escritoras da Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e São Paulo, cujas imagens foram captadas por 22 fotógrafes, a antologia literária e fotográfica visa confluir os diversos olhares através da horizontalidade, dos fluxos e dos encontros entre mulheres, que escrevem a partir dos seus lugares de diferenças.

HOMENAGEM – Profundanças 3 homenageia Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro brutalmente assassinada em 2018, e Nátali Yamas, jovem fotógrafa negra com forte atuação em Itacaré/BA, que assina as imagens da capa e das páginas de transição. Duas mulheres negras de gerações e territórios diferentes, mas que se encontram a partir do discurso em sua arte e vivência política, de enfrentamento e denúncia do machismo e racismo e pela busca do bem viver da população negra e periférica, especialmente de outras mulheres negras, base fundamental da pirâmide social brasileira.

 

PARTICIPANTES DA RODA DE CONVERSA PERNAMBUCO EM PROFUNDANÇAS

Daniela Galdino (BA) Poeta, Performer, Produtora Cultural. Publicou “Espaço Visceral” (Ed. Segundo Selo, 2018), “Inúmera/Innumerous” (edição bilíngue, tradução Brisa Aziz, Ed. Mondrongo, 2017), “Inúmera” (1ª ed., 2011, 2ª ed, 2013, Ed. Mondrongo). Participa de diversas antologias literárias, dentre elas “Mulheres, Poetas & Baianas” (Ed. Caramurê, 2018) e “Cartografias/Mapa da Palavra_BA” (FUNCEB, 2016). Idealizadora e Organizadora de Profundanças. Como performer, já atuou no cinema. Tem participado, como escritora convidada, de eventos de grande porte, tais como Flipelô (2018), Festival de Inverno de Garanhuns (2018), FLICA (2017).

 

Ezter Liu (Carpina) é escritora. Transeunte da Zona da Mata de Pernambuco. Participou de diversas coletâneas e em 2015 publicou pela Porta Aberta Editora seu primeiro livro solo o “Vermelho Alcalino”. Em 2017 foi a grande vencedora do V Prêmio Pernambuco de Literatura com o livro de contos “Das Tripas Coração”. Sua produção é parte da atual cena literária do Estado que em tempos difíceis insiste e resiste.

 

 

Isabelly Moreira (São José do Egito) nasceu na cidade de São José do Egito, sertão pernambucano. Iniciou os seus trabalhos como declamadora. Autora de vários cordéis, incluindo títulos voltados para a literatura infantil, Belinha, como também é conhecida, publicou em 2017 o seu primeiro livro intitulado “Canta Dores”. A poeta é produtora e integrante de projetos culturais e musicais

 

 

Maria Ruana (Tabira) é fotógrafa há mais de 10 anos, tem pós-graduação em Geopolítica e História na FIP e estudou fotografia na UFPE. Entre os trabalhos culturais, destacam-se as exposições fotográficas “Cotidiano” na UFPE e “Depois que a feira termina” no Sesc Triunfo. Atua com ensaios pessoais e cobertura de eventos em geral. Instagram profissional @mariaruanaphotography.

 

 

Mariana Souto (Olinda) 28 anos, é uma fotógrafa olindense, graduada em Odontologia pela Universidade de Pernambuco (UPE), que exerceu a profissão de dentista por apenas um ano e decidiu ir em busca de um ofício que a permitisse dar vazão à criatividade que transbordava pelos poros. Apenas em 2018, a fotografia deixou o lugar de hobbie, que já ocupava há cinco anos, para se tornar profissão. Atualmente, trabalha e vem se especializando em retratos

 

 

Nathália Tenório (Brejão/Recife) 22 anos. Fotógrafa. De Brejão/PE. Atualmente residindo no Recife/PE. Artista de um olhar político em constante processo de
mudança e aprendizado. Buscando sempre experimentar o simples e o natural das coisas. Instagram profissional @nathaliaftenorio

 

 

Odailta Alves (Recife) nasceu do ventre da favela do Recife, é escritora, educadora, atriz, mulher negra, filha de mãe e avós negras analfabetas, mestras de sua vida. É mestra em Linguística pela UFPE. Publicou, de forma independente, em 2016, o livro “Clamor” Negro, que já vendeu 2 mil exemplares e, em 2018, lançou da mesma forma o “Escrevivência” e o “Cativeiros de versos”.

 

 

Paula Santana (Serra Talhada/Recife) é socióloga, professora, escritora, feminista e agitadora cultural. Da periferia do Recife, buscou nas ciências sociais respostas para algumas inquietações e sentimentos ambíguos. Nessa vereda, encontrou questões. Na contramão, estuda, edita e publica zines e livros cartoneros. De andada, a estrada se tornou mote. Atualmente morando no Sertão do Pajeú, a mirada inventiva foi regenerada. Olhar periférico à máxima potência. Busca ativa pela descolonização da mente, do corpo, da alma e da poesia.

 

 

SERVIÇO

Roda de Conversa Pernambuco em Profundanças

Onde: Espaço Pasárgada – Rua da União, 263, Boa Vista, Recife/PE

Quando: 17 de outubro de 2019

Hora: 18h30

Transmissão online: no Facebook @profundancas e no Instagram @profundancas_antologia

Comentários