Notícia

Espetáculo Joelma se apresenta no interior da Bahia em outubro

Joelma fará oito apresentações nas cidades de Morro do Chapéu em Santo Antônio de Jesus. O projeto circulação de Joelma trará também performances públicas, workshops de teatro e cinema, além de bate-papo com o público. Em seu quinto solo, o ator, performer, autor e diretor Fabio Vidal emociona o público por onde passa, contando a história de uma das transexuais mais antigas do Brasil.

A montagem Joelma continua botando o pé na estrada e desta vez o destino são mais duas cidades do interior da Bahia. Durante dois finais de semana de outubro, de 15 a 18, em Morro do Chapéu e de 22 a 25, em Santo Amaro da Purificação, as cidades receberão a encenação protagonizada pelo ator Fabio Vidal (Seu Bomfim, Sebastião). Este projeto que foi aprovado pelo edital Petrobras Distribuidora de Cultura 2015/2016, também vai realizar performance pública, workshop de teatro, workshop produção audiovisual e bate-papo com o público. A entrada terá preço popular de R$ 10 (inteira).

Foto: Heder Novaes

Em Morro do Chapéu, as apresentações acontecem no Teatro Odilon Costa e, em Santo Amaro, no Teatro Dona Canô. Desde sua estréia em setembro de 2013, Joelma já realizou duas temporadas em Salvador, circulou pelas cidades baianas de Ipiaú e Alagoinhas, e se apresentou em importantes festivais brasileiros na Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraíba e São Paulo.

“É Gratificante ter a oportunidade de aproximar o publico de Morro do Chapéu e Santo Amaro, duas cidades tão pulsantes culturalmente, da experiência de vida dessa pessoa, e por conta dessa intimidade gerar uma nova ótica sobre as questões de gênero no intuito de dissolver preconceitos e estimular afetos”, afirma Vidal.

Joelma narra a surpreendente e emocionante vida de uma das primeiras transexuais da Bahia e do Brasil. Hoje com 70 anos, tem uma história que resguarda elementos relativos a questões de gênero e de religiosidade. Uma historia de afirmação e reinvenção mesmo em frente a preconceitos e injustiças. O texto traz à tona a inadequação de uma mulher nascida num corpo de homem. Natural da cidade de Ipiaú, no interior da Bahia, o ainda então garoto Joel parte para São Paulo onde passa 30 anos, faz a sua cirurgia de resignação (troca de sexo), casa e volta a sua cidade natal, acompanhada de seu marido. Como se não bastasse toda sua trajetória sofrida, um assassinato traz a narrativa um tom de drama policial.

A Peça Joelma é fruto do premiado curta-metragem homônimo e inspiração para o trabalho dirigido pelo autor e diretor Edson Bastos, com quem o performer, ator, diretor e autor Fabio Vidal divide a direção e autoria agora no teatro. A versão cênica estabelece inúmeras referências que não foram aprofundados pelo curta: acrescentam-se diálogos, histórias, personagens, questionamentos e informações que redimensionam o caráter mítico, religioso, filosófico e conceitual da obra cinematográfica.

Foto: Heder Novaes

Projeto de Circulação Joelma promove ações educacionais

Além da apresentação o projeto possibilita atividades múltiplas que envolvem ações educacionais de mediação voltadas a escolas de ensino médio, e também através de workshop de técnicas de produção audiovisual e workshops teatro físico, performances públicas e bate-papo com o público no primeiro dia das apresentações. As ações alcançam também pessoas com necessidades especiais, pois foram incluídos nas apresentações tradução em libras e legendagem para um acesso mais democrático e uma fruição maior de todos ao espetáculo Joelma.

A performance “Joelma Circula” leva o ator Fabio Vidal, devidamente incorporado por Joelma, a um passeio de bicicleta pela cidade da apresentação, convidando o público para assistir o espetáculo.

Já dentro das atividades formativas os alunos receberão orientação do facilitador Edson Basto, também autor e diretor da peça, sobre conteúdos introdutórios sobre o processo de produção audiovisual e mercado de trabalho. O workshop Teatro Físico, ministrado por Fabio Vidal, abordará diversas práticas físicas para desenvolvimento e aprimoramento de princípios, técnicas e qualidades expressivas que instrumentalizem o participante para a apresentação pública.

A atividade Mediação Joelma, promove ações educativas, informativas e artísticas desenvolvidas por um arte educador com alunos de escolas públicas e particulares com o intuito de gerar aproximação com a linguagem teatral, com o espetáculo Joelma e com as temáticas envoltas a ele como questões de gênero, sexualidade, transexualidade, homossexualidade, homofobia, alteridade, aceitação às diferenças, ética e justiça.

Morro de Chapéu

Local: Teatro Odilon Costa

Data: De 15 a 18 de outubro, quinta (destinado a escolas), sexta e sábado e domingo.

Horário: Quinta, 19h30 / Sexta a domingo, 20h

Ingresso:  R$ 10 (inteira)

Santo Amaro da Purificação

Local: Teatro Dona Canô

Data: De 22 a 25 de outubro, quinta (destinado a escolas) , sexta, sábado e domingo

Horário: 20h

Ingresso: R$ 10 (inteira)