Notícia

Inscrições abertas para a Oficina de Videoclipe do Circuito Cine Éden

Inscrições abertas e gratuitas para a Oficina de Videoclipe do Circuito Cine Éden

Estão abertas as inscrições para a Oficina de Videoclipe, que acontecerá na UNEB Campus XXI (Ipiaú-BA), entre os dias 14 e 15 de junho, das 08h às 12h. A oficina, ministrada por Edson Bastos e Henrique Filho, com participação de Ayam Ubráis Barco, faz parte da programação do Circuito Cine Éden, evento realizado pela Voo Audiovisual entre o período de 14 a 17 de junho, com exibição de filmes, mesas de debates, lançamento de livro e mais. A inscrição é gratuita e pode ser realizada online por meio do site da Voo Audiovisual (www.vooaudiovisual.com.braté o dia 05 de junho. Para efetuar a inscrição, o proponente deverá preencher o formulário abaixo e submeter sua inscrição online. O resultado da seleção será divulgado no site da Voo Audiovisual e na página no Facebook do Circuito Cine Éden a partir do dia 06 de junho. As vagas são limitadas.

A Oficina de Videoclipe propõe introduzir conhecimentos básicos da produção audiovisual: etapas de pré-produção, produção e pós-produção; equipe técnica e suas funções; linguagem audiovisual; desde a idéia até a finalização do projeto. Com a participação do artista Ayam Ubráis Barco, será compartilhada experiências da produção dos videoclipes “O Quintal”, “A Bicicleta”, “O Silêncio” e “O Voo” (músicas do primeiro disco de Ayam, Partir O Mar em Banda), realizados em parceria entre os instrutores da oficina com o músico. Serão discutidas as diferenças entres a produção com e sem recurso financeiro, e  as possibilidades de produção independente. Como proposta prática, os participantes da oficina irão desenvolver e gravar coletivamente imagens para o videoclipe “A Terra & o Transe” (música do segundo disco de Ayam, Na Peleja da Navegança), tema da vinheta do Circuito Cine Éden.

Edson Bastos – Instrutor

Especialista em Audiovisual pela UESC (Ilhéus-BA) e Graduado em Cinema e Vídeo pela FTC (Salvador-BA). É Produtor Executivo e Curador do FECIBA – Festival de Cinema Baiano, que acontece há 06 edições, em Ilhéus-BA. Dirigiu os curtas Joelma, Astrogildo e a Astronave, É proibido menino calçado entrar na escola, Cine Éden e Veras, além da série e telefilme A professora de música. No Teatro dirigiu o espetáculo Joelma, baseado no curta-metragem homônimo. Sócio-Diretor da Voo Audiovisual.

Henrique Filho – Instrutor

Graduado em Comunicação Social na UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz, em Ilhéus-BA. É roteirista, diretor e montador. Sócio-diretor da Voo Audiovisual. Dirigiu curtas de ficção, dentre eles “O filme de Carlinhos” (2014) – selecionado em mais de 30 festivais nacionais e internacionais, participante da Short Film Corner do Festival de Cannes, indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e vencedor de 08 prêmios, incluindo Melhor Roteiro, Melhor Direção e Melhor Filme; “Cine Éden” (2013); “É proibido menino calçado entrar na escola” (2013) – premiado como Melhor Filme pelo Júri ABCV no “Festival 5′ Minutos”; “O velho e os três meninos” (2012) ; E o premiado “A fórmula” (2011), com o Troféu Tatu de Prata “Prêmio Revelação” na 38ª Jornada Internacional de Cinema da Bahi, em 2011 e vencedor de 03 prêmios do Festival Manoel Padeiro, em Pelotas-RS, como Melhor Diretor, Melhor Roteiro e Melhor Curta Universitário. Diretor e montador dos videoclipes Mar de Refrigerante – Achiles, O Quintal, A Bicicleta, O Voo e O Silêncio – Ayam Ubráis Barco. Escreveu e dirigiu a série e telefilme de ficção e “A professora de música” (2016), com 13 episódios. É Coordenador de Comunicação do FECIBA – Festival de Cinema Baiano. É diretor geral da VooTV (canal no youtube).

Ayam Ubráis Barco – Participação

Nascido em 1° de maio, radicado em Ipiaú, Ayam Ubráis Barco é um trabalhador da arte.. É cantautor dos álbuns, Partir O Mar Em Banda (cujo clipe da canção O Quintal, recebeu o Prêmio Caymmi de Melhor Produção) e Na Peleja da Navegança, além de produtor de discos como Calibre Dobrado (Ismera Rock), Arado (Rafique Nasser), Flores & Feridas (Paulo Mourão).. É artista plástico, inventor da Filisminogravura, técnica artística, cujos desenhos participaram de três CIAB’s (Circuito Internacional de Arte Brasileira) seguidos no Chile, Hungria, Alemanha e ilustraram a comunidade quilombola urbana de Porto de Trás através da exposição Afrofilisminogravuras.. É trilheiro de cinema e ator, tendo ganho o prêmio de Melhor Trilha Sonora no III FECIBA (Festival de Cinema Baiano) com Luzir de Antanho (Ronald Jesus e Laíse Galvão), trilhado filmes como Cine Éden (Edson Bastos), O Ármario (Suellen Souza, Junior Oliveira e  Duda Viana), Olhos Frios (Monique Madureira e Hernani Reis) etc  e atuado em filmes como O Velho e Os Três Meninos, o premiado O Filme de Carlinhos, ambos do diretor, Henrique Filho,  O Presente (Dirceu Martins) e na série de TV e telefilme, A Professora de Música (Edson Bastos e Henrique Filho).. É também escrevedor de poemas. O nome do seu primeiro livro é O Caos Agradecido (Ed. Mondrongo).

Inscrições encerradas!